Incentivo à Leitura

O projeto Leitura nas Fábricas foi criado em 2010, visando à implantação de pontos de leitura em fábricas localizadas em Diadema, com o objetivo de inserir o hábito da leitura no cotidiano dos funcionários, valorizando a democratização do acesso à informação, à inclusão social e a formação do leitor. “O objetivo de instalarmos um local de leitura em nossa fábrica é construir um espaço de conhecimento aos funcionários Segatto e aos moradores da região”, salienta João Segatto, proprietário da empresa.

Além da população, cerca de 100 funcionários da Segatto são beneficiados com o projeto. O Ponto de Leitura, como foi denominado o espaço, tem 650 títulos, entre livros de diferentes áreas do conhecimento, além de gibis, cd´s, dvd´s, entre outras mídias. A estrutura também terá um computador com impressora, pufes coloridos para acomodar os funcionários, entre outros elementos funcionais.

Além de oferecer o acesso direto aos livros, o projeto Leitura nas Fábricas prevê o desenvolvimento de atividades que estimulem as pessoas a apreciarem o mundo literário e a compreender melhor cada obra escolhida. Os funcionários Segatto foram treinados pela Prefeitura de Diadema para atuarem como agentes de leitura.

O projeto também conta com a parceria do Ministério da Cultura, Sindicatos de Metalúrgicos do ABC, dos Químicos, Construção Civil, Moveleiros e da Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo.

Certificação e proteção

A Segatto apoia a campanha Madeira de Verdade, que aborda o conceito da inovação e originalidade na confecção de mobiliários em madeira e visa à valorização do conceito e originalidade nos segmentos industriais, que empregam o uso da madeira certificada como matéria-prima.

Sustentabilidade

Além da utilização do MDF, resultado de um processo de reflorestamento, a Segatto possui uma linha voltada para o uso de produtos artesanais que empregam sustentabilidade ecológica e desenvolvimento social, utilizando comunidades especiais para sua produção artesanal em escala industrial.